//Grandes ADMs: confira a entrevista com o vice-presidente da Associação Brasileira de Atacado e Distribuidores

Grandes ADMs: confira a entrevista com o vice-presidente da Associação Brasileira de Atacado e Distribuidores

Juliano César é também sócio-Administrador da Lojão Fasouto, em Sergipe

Empresário sergipano, o Adm. Juliano César também entra no cenário nacional por sua participação na diretoria da Abad (Foto: Lojão Fasouto)

Hoje, o Conselho Regional de Administração de Sergipe inicia a série “Grandes ADMs”, que reúne entrevistas com profissionais de Administração registrados no CRA-SE que possuem destaque no cenário local e nacional. A ideia é que haja compartilhamento do conhecimento e experiências dos mesmos em Administração e áreas correlatas.

A estreia da série é com Juliano César, sócio-Administrador da Lojão Fasouto, empresa que realiza distribuição de produtos de diversos empreendimentos para todo estado de Sergipe. Atualmente, Juliano é também vice-presidente da Associação Brasileira de Atacado e Distribuidores (Abad).

Confira a entrevista na íntegra:

[CRA-SE] O senhor é Administrador e atua na área atacadista. Por que a presença desse profissional é fundamental nesse setor e em qualquer empresa em geral?

[J.C.] O Administrador tem sua formação pautada nas melhores e mais modernas técnicas de gestão, bem como conhecimento de todas as áreas.  Assim, o Administrador tem uma visão geral e busca integrar as diversas áreas para atingirmos os melhores resultados.

[CRA-SE] Qual é o segredo para atuar unindo Administração e Empreendedorismo?

[J.C.] Empreender é a base do progresso e desenvolvimento econômico e social.  Só a partir da Revolução Industrial na Inglaterra, onde a livre iniciativa e as garantias à propriedade intelectual e financeira foram garantidas, é que a sociedade moderna evoluiu. Porém, com a complexidade do mundo atual, torna-se imprescindível a aplicação intensa dos princípios de gestão e eficácia que só um Administrador tem por formação.

[CRA-SE] O que é preciso para fazer uma empresa dar certo por tantos anos?

[J.C.] O livro “Feitas para Durar” de Jim Collins e Jerry Porras, publicado em 1994, é um clássico e recomendo a todos. Nele, estão os seguintes ensinamentos:

* Leia o texto completo aqui

– Aplicar nas ações do dia a dia os valores organizacionais (ideologia);

– O sucesso da gestão de pessoas não pode ser medido somente pelo baixo índice de turnover (rotatividade de pessoal). Mas, principalmente, pelo nível de comprometimento das pessoas com os novos desafios;

– Meritocracia é um ponto-chave para avaliação e promoção das pessoas na organização;

– O principal ativo de uma empresa é seu modelo de gestão e não os produtos, serviços ou ramo de atividade. Uma organização excelente se adequa aos novos mercados e produtos;

– A lucratividade é uma condição indispensável para a sobrevivência, e um meio importante para atingir objetivos, mas não deve ser o objetivo em si;

– Propósito: perguntar sempre: Para que nossa empresa existe?  No que somos insubstituíveis? Por que nossos clientes nos escolhem? Quanto mais respostas, na visão do cliente, mais perene será nossa organização;

– A estratégia, as operações podem mudar. A única coisa que não pode mudar são os VALORES;

– Melhoria contínua. Disciplina pra buscar sempre o melhor , inovando, copiando ou aperfeiçoando;

– Disciplina. Focar no que está fazendo. Estabelecer metas, planos de ação e correção contínua.

 [CRA-SE] Fazendo parte da diretoria executiva da Abad, como o estado de Sergipe ganha com isso?

[J.C.] Minha principal missão na diretoria da Abad, entidade nacional, é mostrar, através de práticas e exemplos, que as pequenas organizações podem e devem ser competentes, ágeis e entregar resultado. Assim deveria ser Sergipe.

[CRA-SE] Qual a importância de ser Administrador e profissional registrado no conselho?

[J.C.] O Conselho, além de zelar pelo exercício correto e ético da profissão, deve, principalmente, desenvolver a inserção destes no mercado, através de geração de valor para a sociedade. Uma profissão deve ser mais que um diploma, e sim contribuir para a melhoria da sociedade.

2018-12-14T10:28:21+00:0014 de dezembro de 2018|